segunda-feira, 12 de outubro de 2015






"Acho a maior graça. Tomate previne isso,cebola previne aquilo, chocolate faz bem, chocolate faz mal, um cálice diário de vinho não tem problema, qualquer gole de álcool é nocivo, tome água em abundância, mas não exagere... 

Diante desta profusão de descobertas, acho mais seguro não mudar de hábitos. 

Sei direitinho o que faz bem e o que faz mal pra minha saúde. 

Prazer faz muito bem. 
Dormir me deixa 0 km. 
Ler um bom livro faz-me sentir novo em folha. 
Viajar me deixa tenso antes de embarcar, mas depois rejuvenesço uns cinco anos. 
Viagens aéreas não me incham as pernas; incham-me o cérebro, volto cheio de idéias. 
Brigar me provoca arritmia cardíaca. 
Ver pessoas tendo acessos de estupidez me 
embrulha o estômago. 
Testemunhar gente jogando lata de cerveja pela janela do carro me faz perder toda a fé no ser humano. 
E telejornais... os médicos deveriam proibir - como doem! 
Caminhar faz bem, dançar faz bem, ficar em silêncio quando uma discussão está pegando fogo, 
faz muito bem! Você exercita o autocontrole e ainda acorda no outro dia sem se sentir arrependido de nada. 
Acordar de manhã arrependido do que disse ou do que fez ontem à noite é prejudicial à saúde! 
E passar o resto do dia sem coragem para pedir 
desculpas, pior ainda! 
Não pedir perdão pelas nossas mancadas dá câncer, não há tomate ou mussarela que previna. 
Ir ao cinema, conseguir um lugar central nas fileiras do fundo, não ter ninguém atrapalhando sua visão, nenhum celular tocando e o filme ser espetacular, uau! 
Cinema é melhor pra saúde do que pipoca! 
Conversa é melhor do que piada. 
Exercício é melhor do que cirurgia. 
Humor é melhor do que rancor. 
Amigos são melhores do que gente influente. 
Economia é melhor do que dívida. 
Pergunta é melhor do que dúvida. 
Sonhar é melhor do que nada!"



Martha Medeiros

Bolinho de couve-flor sem glútem



Olá! Gente, adoro criar receitas. Esse bolinho inventei em um dia que eu estava com vontade de comer um bolinho frito, mas eu não queria usar a farinha de trigo. 
Eu amo couve-flor, ela é muito versátil, tem inúmeras coisas deliciosas que dá para fazer com ela!
Esse bolinho fica muito bom mesmo, saborosíssimo, vou testar uma versão dele assado, depois eu conto se deu certo... 
Anote a receita!

Ingredientes:

1 couve-flor média cozida (não muuito cozida)
1 colher de chá de sal
1 colher de sopa de tempero de ervas de sua preferência, pode ser orégano, ervas finas, manjericão...
1 colher de sopa de vinagre (de sua preferência)
2 ovos
1/2 copo de leite
1 xícara de chá de farinha de arroz
1 colher de sopa de fermento químico
100 gramas de queijo mussarela em cubinhos

Modo de fazer:

Cozinhe a couve-flor, deixe esfriar um pouquinho. Corte-a em pedaços e bata no liquidificador com os ovos, o leite, o sal, as ervas e o vinagre.
Coloque a mistura em uma vasilha e misture a farinha de arroz, o fermento e o queijo. Fica uma massa cremosa.
Aqueça o óleo de sua preferência e frite os bolinhos medindo com uma colher de sopa, até ficarem douradinhos.
 Pronto! Fica uma delícia!




domingo, 11 de outubro de 2015

Lindas blusas de crochet

Olá! Esse post é para que ama crochet! Eu admiro muito quem trabalha com essa arte, transformar fios em peças de roupa, acessórios, peças decorativas, etc.
Hoje vou postar algumas ideias de blusas lindas para quem quiser se inspirar...
Logo logo trarei mais ideias em outras temáticas. São infinitas as possibilidades de criação com a técnica do crochet, quando estou pesquisando fico muito fascinada com tudo que dá para fazer, são muitas ideias, vamos lá então...



























Essas imagens foram retiradas da internet.